13 julho, 2010

Desejos.



Sensação de café quente descendo pela garganta em um dia frio, desejo de lençóis novamente encharcados com seu cheiro, desejo de alma encardida de amor. Vontade de pescoço, de boca, de pele enroscada sem previsão de sair. Desejo de tardes ensolaradas, mas em contra partida, saudade da ansiedade por uma história de amor envolvida apenas com chuva e frio.

Mudanças estão acontecendo a todo o momento, a noite ainda está longe de acabar, tão longe que as luzes da cidade ainda não se apagaram, e por mais que seus sonhos viagem há uma neblina espessa que os acompanha, fazendo parecer sempre o mesmo lugar. Sabe, quando querem, os sonhos podem atormentar demais alguém.

Assim, um dia ao olhar seus olhos descobrirá que já é tarde demais, ela vai mudar, vai gostar de coisas que você nunca imaginou, mas como desejos são apenas matéria bruta para ser educada, enquanto não me provem o contrario, com ela aonde quer que vá, será sempre amor.





' Mas de uma coisa eu sabia: cada segundo que eu passava com ela só iria aumentar a dor que eu sentiria depois. Como um viciado com seu suprimento limitado, o dia do ajuste de contas estava chegando. Quanto mais doses eu tomasse agora, mais difícil seria quando meu estoque acabasse. ' . Jacob Black ;

3 estrelinhas:

Mayara disse...

Adoreeeei!

Lindo, Ju!
Só uma psicologa pra escrever... xD

Beijo

vitor hugo disse...

Concordo plenamente com o dito por vc... mas o bom do amor é que nos faz mudar junto a quem estamos para q nada entre dois possa separá-los...

simples e lindo Jú..^^

Duanny!. disse...

eeeita!
acho que Crepúsculo anda mexendo com a sua cabeça até hoje.
Uma dica: Stephenie Meyer fez uma história perfeita demais para ser real, chega a ser patética, vamos concordar. Não deixe que a beleza superficial de frases simples como a dela, influenciar todo o seu potencial na escrita.
Você pode mais, pode além..
Não vamos ser patéticas.

Você esta escrevendo muito bem Ju, muito mesmo! Mas eu ainda quero encontrar a sua marca.. aquela que combina com seu sorriso baixo e a sua voz fina. =)

saudades